3 passos para engajar o público certo e vender mais no e-commerce

Existe uma forma totalmente nova de se comunicar com o cliente por meio da internet. A maneira como as pessoas lidam com a propaganda mudou. Elas preferem ir atrás da informação quando precisam dela, em vez de serem interrompidas por propagandas que não pediram para ver.

Para ajudar os empreendedores e profissionais responsáveis por marcas e empresas a compreenderem como captar a atenção do público e transformá-lo em cliente, desenvolvi o conceito de Jornada do Engajamento.

Os três passos da jornada do engajamento ajudam a construir uma trilha com muito mais chances de fazer a audiência estar com você e escolher contratar seus produtos ou serviços. A ideia é que as marcas e empresas não tenham que correr atrás do cliente, mas sejam encontradas quando ele precisar do seu serviço.

Veja o passo a passo:

1 – Atração do interesse

O primeiro passo é definir o público-alvo e se tornar um verdadeiro especialista em interpretar suas dores e desejos. O empreendedor tem que saber explicar o problema do seu público-alvo melhor do que ele mesmo. Assim, o cliente em potencial automaticamente percebe que pode encontrar a solução para o problema com você. O grande segredo é focar em uma comunicação para gerar identificação, trazendo características que fazem parte desse público, como a linguagem, os desenhos e os problemas. Assim, o consumidor vai sentir que é este o produto ou serviço que vai ajudá-lo.

2 – Doutrinação

Ao contrário do que muitos fazem na internet, o conteúdo não deve ser composto apenas de dicas soltas. O que as marcas ou especialistas produzem deve seguir uma lógica que leve as pessoas até o que vai ser oferecido depois. Ao fazer assim, o conteúdo irá ter um objetivo na jornada do cliente. A ideia é usar o que é ensinado para reforçar a importância do produto ou serviço que você oferece.

3 – Conversão

Por fim, deve-se oferecer o produto ou serviço que soluciona um ou mais problemas do público-alvo. As marcas devem oferecer ao seu cliente não o meio, mas o fim. Ou seja, a transformação que ele terá ao adquirir o produto ou serviço. Um exemplo é quando se vende um produto para cabelos: as vendas devem se preocupar em oferecer cabelos mais bonitos e saudáveis, e não apenas um creme. O segredo é vender o resultado que ele terá com o serviço, método ou produto.

Definir esses três passos é fundamental para que a audiência seja alcançada no momento certo, preparada para consumir o produto, e entenda os motivos pelos quais deve comprá-lo.

Paralelo à Jornada do Engajamento, há atitudes que, por menores que sejam, fazem toda a diferença no processo. O uso de determinadas palavras na construção das headlines, por exemplo, é capaz de segurar a atenção da audiência por mais tempo. Algumas delas são:

  • Agora: a palavra transmite a ideia de precisão e imediatismo;
  • Grátis: é um forte gatilho mental, uma vez que passa a sensação de recompensa para o consumidor;
  • Novo: a novidade fisga o cliente imediatamente. Se não o fisga, pelo menos o deixa curioso;
  • Nunca: contrariando o que sempre foi falado, o uso consciente do termo “nunca” é capaz de atrair leitores e trazer um senso de urgência;
  • Comprovado: a palavra anula a dúvida do leitor de ser enganado e passa a agregar credibilidade ao conteúdo;
  • Fácil: ao usar este termo na headline, a dúvida da incapacidade do cliente desaparece e ele se sente atraído.

FONTE: e-commercebrasil

AUTOR: Samuel Pereira